IGREJA DA CONQUISTA: UMA IGREJA CORAJOSA

 

É preciso ter coragem para ROMPER COM AS TRADIÇÕES que nortearam a Igreja durante séculos. A nossa regra de fé é a PALAVRA DE DEUS. É incrível como as pessoas estão cegas! Durante séculos e séculos a Igreja se rendeu à idolatria, desagradando incrivelmente ao Senhor. Como puderam fazê-lo? Não é a idolatria condenada claramente nas Escrituras? Sim, mas a TRADIÇÃO determinava o contrário e todos seguiram a tradição, esquecendo-se da Palavra de Deus!

Romper com uma tradição não é nada fácil! Às vezes não podemos usar uma expressão correta da língua portuguesa porque as pessoas se habituaram no erro. Se formos corretos correremos o risco de estar “errados”. É o que ocorre na Igreja. São tantos desvios... Meu Deus! De um lado nós temos a má interpretação da Graça de Deus, o que parece ser mais grave e daninho à causa de Cristo. Do outro, berram os “falsos pregadores”, anunciando o Evangelho da VITÓRIA fácil e descomprometida. O que querem eles? Dinheiro. Eles não pregam o Evangelho do amor de Cristo, mas o evangelho dos interesses; isso deturpa a sã doutrina e as pessoas acabam aprendendo tudo errado. Criou-se uma tradição estranha, confusa e perturbadora nos últimos tempos.

Nós, da IGREJA DA CONQUISTA temos um compromisso com a verdade! Às vezes somos mal interpretados, pois afinal, não é tão simples “bater de frente” com o que já se tornou tradicional. Até a nossa alegria, às vezes, é questionada. Porque as pessoas aprenderam que religiosos devem ter aparência “fechada”, são normalmente intransigentes e ignorantes. Quando um homem de Deus demonstra alegria e descontração, aparenta carnalidade e falta de compostura. Salve a bendita TRADIÇÃO! Essa mesma tradição que nos muitas vezes nos proíbe de ouvir música, ver TV, ir à praia, etc. Lamentável.

Nossa Igreja é corajosa porque decidiu QUEBRAR AS TRADIÇÕES. Nós vestimos o que queremos vestir, nos cumprimentamos do jeito queremos, vamos à praia de sunga ou biquine, frequentamos festas, cantamos, pulamos, brincamos... SOMOS FELIZES! Tudo isso sem desonrarmos ao Senhor. Algumas de nossas doutrinas são REJEITADAS por outras igrejas evangélicas. Por exemplo, o batismo de pessoas que a sociedade considera “pecadoras”; a não exclusão de membros por causa de pecado, entre outras coisas. NÓS ROMPEMOS COM A TRADIÇÃO; jamais, porém, deixaremos de cumprir as Escrituras Sagradas. Nunca aceitaremos desagradar ao nosso Deus!

 

   Copyright © 2011 Igreja da Conquista   Desenvolvido por Célia Webdesigner